Composto Durma Bem - 30 doses

R$64,00
Sucesso! Você tem frete grátis
Frete grátis a partir de R$400,00
Entregas para o CEP:

Frete grátis a partir de R$400,00

O Composto Durma Bem é mais uma fórmula com assinatura e qualidade Pharma Fibra.

Ela auxilia no relaxamento e melhora a qualidade do sono. A junção do inositol com o magnésio favorece a indução do sono, além de ter papel na recuperação neuromuscular, auxiliando os processos regenerativos do treinamento. O 5-HTP atua como precursor de serotonina e de melatonina, melhorando a qualidade do descanso durante a noite de sono.

Magnésio dimalato: entre as principais funções do magnésio, está o controle da produção e da ação de neurotransmissores, que se relacionam ao aprendizado, à memória, ao humor, às emoções e ao sono.

5 HTP: O 5 Hidroxitriptofano (5-HTP) é um precursor do neurotransmissor serotonina. O aminoácido triptofano é convertido em 5 HTP que dá origem à serotonina. Por sua vez a serotonina possui diversas funções vitais no organismo como controle de alguns hormônios, a regulação do ritmo circadiano ( quando convertido em melatonina), do sono e do apetite. A serotonina
também produz um efeito de calma e bem-estar. Com a deficiência de 5-HTP implica em uma redução da serotonina, o que pode desencadear depressão, desordens cognitivas, desequilíbrio do sono, descontrole do apetite, desordem do ciclo circadiano, ansiedade e síndrome pré-menstrual.

Inositol: O inositol maximiza a ação do magnésio, promovendo relaxamento muscular e mental, assim como
neuroplasticidade, sendo um grande aliado para a melhora do sono, no equilíbrio das emoções e humor.

 

BENEFÍCIOS

- Melhora a qualidade do sono e humor;
- Garante uma noite de sono profundo e reparador;
- Auxilia na recuperação muscular.

 

COMPOSIÇÃO

Magnésio dimalato 200mg
Inositol 100mg
5-HTP 100mg

30 doses (1 dose = 2 caps) 60 caps

 

MODO DE USAR

Tomar 1 dose = 2 cápsulas, 1 vez ao dia.

Registro de estabelecimento: AE: 1.13819.6

Registro de produto: ISENTO DE REGISTRO NA ANVISA, DE ACORDO COM A RDC NÚMERO 27/2010

 

Compartilhar: